top of page
duv-idoso-faixa.jpg
duv-idoso-logo.png

PATROCÍNIO

nestle-health-science_footer.png

Como lidar com os sentimentos ao cuidar de alguém com câncer – Parte 4



Há algumas semanas, temos falado sobre os sentimentos de quem cuida de alguém com câncer, especialmente sobre a necessidade de autocuidado. Quem quiser conferir os primeiros, pode clicar aqui, aqui e aqui.


Este nosso último texto da série procura trazer uma perspectiva sobre de que maneira os cuidados com o seu corpo podem beneficiar – e muito – quem passa por essa montanha-russa de emoções.


Novos estresses e demandas diárias geralmente se somam a quaisquer problemas de saúde que os cuidadores já tenham. E se você estiver doente ou tiver uma lesão que exija cuidado, é ainda mais importante que você se cuide. Aqui estão algumas mudanças que os cuidadores costumam ter:


- Fadiga (sensação de cansaço)

- Sistema imunológico mais fraco (baixa capacidade de combater doenças)

- Problemas de sono

- Cicatrização mais lenta de feridas

- Pressão arterial mais alta

- Alterações no apetite ou peso

- Dores de cabeça

- Ansiedade, depressão ou outras alterações de humor


Você pode estar tão ocupado e preocupado com seu ente querido que não presta atenção à sua própria saúde física. Isso infelizmente é muito comum. Mas é fundamental que você cuide da sua saúde também. Isso lhe dará mais forças para ajudar os outros. Aqui algumas orientações que podem ser úteis:


Mantenha-se atualizado com suas necessidades médicas

Agende e realize seus exames e consultas de rotina, dê continuidade ou retome tratamentos e/ou boas práticas para a sua saúde e não deixe para depois a investigação de algum sinal ou sintoma do seu corpo que mereça atenção. O fato de não ser você que está com câncer não significa que a saúde não seja importante.


Preste atenção aos sinais de depressão ou ansiedade

A sobrecarga emocional e estresse podem causar muitos sentimentos ou alterações corporais diferentes. Mas se as alterações mais significativas durarem mais de duas semanas, fale com o seu médico ou terapeuta. Alguns cuidadores percebem que ficaram deprimidos e precisam de ajuda.


Siga as recomendações dos profissionais

Ao conversar com profissionais de saúde que entendem este universo e recomendam ou mesmo prescrevem mudanças de hábito, medicamentos, atividades de bem-estar, enfim, procure escutar com coração aberto e encontre disposição para tentar. O exercício de cuidado – para os outros e para si – pode trazer benefícios surpreendentes.


Tente fazer refeições saudáveis

​​Comer bem irá ajudá-lo a manter suas forças e energia. Se o seu ente querido está no hospital ou tem longas consultas médicas e você precisa acompanhá-lo, priorize refeições práticas que sejam balanceadas, incluindo sempre que possível frutas, legumes, verduras e proteínas. Beber bastante água também é altamente recomendado. Além de reforçar seu sistema imunológico, alimentação e hidratação equilibradas são fundamentais para o bom funcionamento do seu intestino, o que influencia também seu humor e disposição.


Descanse o suficiente

Ouvir música suave ou fazer exercícios respiratórios pode ajudá-lo a adormecer. Cochilos curtos podem energizá-lo se você não estiver dormindo o suficiente durante a noite. Certifique-se de conversar com seu médico se a falta de sono se tornar um problema contínuo.


Atividades físicas

Caminhar, nadar, correr ou andar de bicicleta são apenas algumas maneiras de colocar seu corpo em movimento. Qualquer tipo de exercício (incluindo trabalhar no jardim, limpar, cortar a grama ou subir escadas) pode ajudá-lo a manter seu corpo saudável. Encontrar pelo menos 15 a 30 minutos por dia para se exercitar pode fazer você se sentir melhor e ajudar a controlar o estresse. Você pode fazer tentativas até descobrir a atividade que melhor se adapta ao seu momento ou mesmo buscar variações semanais, por exemplo, de acordo com o que é mais apropriado para o local onde você está, por exemplo.


Estabeleça metas de cuidado com seu corpo

Use aplicativos, relógios inteligentes ou mesmo uma caderneta de anotações para registrar suas metas e progressos. Isso ajudará na sua organização diária, em lembretes e na motivação necessária para que a sua saúde física e mental sejam também prioridades para você, mesmo vivenciando tantas situações desafiadoras.


Duv-Idoso e Oncoguia


Fontes:

Comments


APOIO

logo-abg-branco.png
logo-sbgg.png
logo-ashoka-branco.png
logo-acirmesp-branco.png
bottom of page