duv-idoso-faixa.jpg
duv-idoso-logo.png

PATROCÍNIO

nestle-health-science_footer.png

Como posso me preparar para cuidar de um idoso com câncer?

Os cuidados com um paciente com câncer exigem muito mais do que esforço físico. Também é exigido do cuidador, que muitas vezes é uma pessoa da família, próxima, que compartilha o dia a dia com o paciente, um esforço emocional que pode gerar uma rotina ainda mais cansativa.

Diante do diagnóstico de câncer, principalmente em um paciente idoso, são inevitáveis as necessidades de mudanças e adaptações na rotina de cada um dos membros da família envolvidos da tarefa de cuidar. Por isso, é importante que cada um compreenda sua função nesse momento.

Sem dúvida o ato de cuidar é, antes de tudo, um ato de amor. Mas o fato é que quem cuida também precisa ser cuidado e deve se preparar para essa função. O primeiro passo é criar rotinas, organizar as tarefas e estabelecer horários para as atividades. Isso é bom tanto para o paciente quanto para o cuidador, que também precisa de tempo para si.

Quando o paciente exige muito esforço físico do cuidador – o que é mais comum quando se trata de um idoso, devido às próprias limitações da idade, aliadas agora às da doença – o cuidador deve tentar manter uma rotina de atividade física regular.

É importante também fazer alongamentos, prestar atenção à postura, aprender técnicas para mobilizar o doente, tirá-lo da cama e dar banho.

Além dos cuidados físicos, o paciente também preciso de apoio moral para que não se sinta um “peso” para os seus familiares e cuidadores. Certifique-se de que ele se sinta querido e, quando possível, tente integrá-lo às atividades da família.

Cuide de você

É importante que você também cuide de você, evitando deixar de lado suas necessidades. Estabeleça limites para o que você pode fazer e não tenha vergonha ou se sinta culpado em pedir ajuda de outras pessoas, em delegar tarefas. Você não precisa assumir todas as responsabilidades sozinho. Mas faça isso antes de chegar ao seu limite de cansaço físico e mental, porque isso pode acarretar danos à sua saúde.

Você também pode conversar abertamente com o paciente, caso ele esteja em condições, sobre os seus sentimentos, dificuldades, receios, e pedir a ajuda dele para que, juntos, vocês possam atravessar esse momento.

A vida é uma parceria. Quando compartilhamos nossas angústias e nossos desafios, a caminhada se torna mais leve. Dependendo da situação, cuidador e paciente podem estabelecer regras, ou mesmo ceder em alguns pontos, para que todos possam manter a saúde física e emocional em dia.

Dicas para quem cuida

- Tente incluir em sua rotina alguns momentos de distração, como ler ou ver um filme;

- Procure ter boas noites de sono;

- Não se descuide da alimentação;

- Não deixe que o ato de cuidar se transforme no centro de suas atenções; tente sair um pouco, nem que seja para um café com um amigo.

Se tiver dificuldades ou dúvidas sobre os cuidados a serem prestados, entre em contato com a equipe médica. Se for necessário, o Setor de Emergência dos hospitais funciona 24 horas por dia, todos os dias. Não tenha medo ou receio de procurar ajuda especializada, se for o caso.

Fontes:

Cuidando do paciente – Centro de Combate ao Câncer (cccancer.net)

Cuidados com o cuidador | Vencer o Câncer - Vencer o Câncer (vencerocancer.org.br)


APOIO

logo-abg-branco.png
logo-sbgg.png
logo-ashoka-branco.png
logo-acirmesp-branco.png