duv-idoso-faixa.jpg
duv-idoso-logo.png

PATROCÍNIO

nestle-health-science_footer.png

Saúde mental: ansiedade normal x ansiedade excessiva



A ansiedade é um estado de alarme esperado para lidar com o perigo. É um sinal que prepara o corpo e a mente para momentos desafiadores e, por isso, é completamente normal (esperada) e necessária para nossa sobrevivência.


Porém, em momentos de stress ou até sem causa aparente, é possível que algumas pessoas sintam como se o sinal de alarme não desligasse nunca. Isso gera uma ansiedade excessiva e pode se apresentar de diversas formas, como uma sensação constante de perigo iminente, angústia e preocupações. Pode até contribuir para ataques de pânico, quando essas sensações são persistentes e afetam nossas tarefas diárias, os momentos de lazer, o relacionamento com outras pessoas e nossa qualidade de vida. Fique atento quando a ansiedade estiver persistente e saindo do controle.


O que pode ser feito para evitar ou para manejar a ansiedade excessiva?


Prática de exercícios físicos: mesmo dentro de casa, é um método extremamente eficaz para diminuir a ansiedade. Sempre que possível, planeje-se para se exercitar pelo menos 20 minutos todos os dias ou 50 minutos três vezes por semana.


Evite hábitos de vida que são prejudiciais à saúde, como alimentação rica em açúcares e gorduras, álcool, cigarro e outras drogas, que podem piorar os sintomas de ansiedade excessiva, e, por vezes, podem trazer a falsa percepção de recompensa e alívio. Além disso, busque informações em fontes oficiais para evitar ansiedade e limitar seu tempo de exposição nas redes sociais ou nos canais de notícias.


Converse com alguém sobre as suas emoções, sentimentos e pensamentos. Utilize os meios digitais para interagir com as pessoas e mantenha bons laços afetivos com quem está morando com você. Estar conectado e aberto com pessoas que você gosta é essencial neste momento.


Busque sempre orientação médica ou psicológica.

Fontes:

https://www.gov.br/ebserh/pt-br/hospitais-universitarios/regiao-nordeste/hc-ufpe/saude/covid-19/dicas-de-prevencao/confira-as-dicas-para-diminuir-a-ansiedade-em-tempos-da-covid-19

https://www.gov.br/ebserh/pt-br/hospitais-universitarios/regiao-sudeste/hc-ufmg/comunicacao/noticias/dor-depressao-e-ansiedade-podem-estar-entre-as-sequelas-da-covid-19


https://www.paho.org/bra/index.php?option=com_content&view=article&id=6170:onu-destaca-necessidade-urgente-de-aumentar-investimentos-em-servicos-de-saude-mental-durante-a-pandemia-de-covid-19&Itemid=839




APOIO

logo-abg-branco.png
logo-sbgg.png
logo-ashoka-branco.png
logo-acirmesp-branco.png