duv-idoso-faixa.jpg
duv-idoso-logo.png

PATROCÍNIO

nestle-health-science_footer.png

Dia Mundial de Combate ao Câncer



O câncer é caracterizado por um processo de crescimento anormal de células no corpo e atualmente ocupa o segundo lugar das doenças que mais atingem os idosos, depois das síndromes cardiovasculares.

Apesar de não existir um padrão global para a ocorrência da doença, o desenvolvimento pode ser de origem genética (10% - 20% dos casos) e/ou associado a fatores ambientais (80% - 90% dos casos). Esses fatores são aqueles determinados pelas nossas escolhas, tais como: alimentação, atividade física, acompanhamento multiprofissional e exames em dia (checkup ou exames de rastreamento), exposição ao sol, tabagismo, etilismo, exposição ao sol e metais pesados, interações medicamentosas, poluição entre outros.

Por isso, como forma preventiva da doença é imprescindível seguir as orientações da equipe médica e procurar um serviço de saúde caso perceba algo diferente no seu corpo.

Para condições específicas, como câncer antes dos 60 anos ou muitos casos na mesma família, pode-se contar com o rastreio da doença de forma hereditária, por meio de exames como o heredograma e mapeamento genético.

Cuide-se bem!

Referências:

Pacheco-Pérez, Luis Arturo et al. Fatores ambientais e conscientização sobre o câncer colorretal em pessoas com risco familiar* * Artigo extraído da tese de doutorado “Intervención de consejería genética de enfermería a individuos en riesgo de cáncer colorectal”, apresentada à Universidad Autónoma de Nuevo León, Facultad de Enfermeria, Monterrey, Nuevo León, México. . Revista Latino-Americana de Enfermagem [online]. 2019, v. 27 [Acessado 30 Março 2022] , e3195. Disponível em: <https://doi.org/10.1590/1518-8345.3082.3195>. Epub 14 Out 2019. ISSN 1518-8345. https://doi.org/10.1590/1518-8345.3082.3195.

APOIO

logo-abg-branco.png
logo-sbgg.png
logo-ashoka-branco.png
logo-acirmesp-branco.png