duv-idoso-faixa.jpg
duv-idoso-logo.png

PATROCÍNIO

nestle-health-science_footer.png

Boa notícia! Número de idosos em universidades subiu quase 50%




O sonho de concretizar o projeto de vida que traçou lá na juventude e a realização de uma faculdade, já está ao alcance de milhares. Hoje, 27 mil idosos fazem cursos universitários no Brasil.


A antropóloga Mirian Goldenberg destaca que os estudantes 60+ focam no que é prioritário, o que muitas vezes, não é ganhar dinheiro. Começam a estudar pensando em um propósito e na conquista do seu projeto. Buscam realizar um desejo que ficou guardado porque precisavam ganhar a vida e que se torna oportuno quando se aposentam.


Além disso, Meire Cachioni, professora do curso de Gerontologia na Universidade de São Paulo e coordenadora do programa UnATI (Universidade Aberta à Terceira Idade) da Escola de Artes, Ciências e Humanidades, diz que estudos revelam que a educação para idosos, proporcionada pelas universidades e fora delas, contribui para a manutenção de altos índices de satisfação com a vida, sentimentos positivos, mudança na imagem social e mais valorização de si entre os 60+.


De acordo com ela, as pessoas idosas, além de ocuparem as vagas formais no ensino superior, também contam com cursos de extensão voltados para eles nas universidades. Existem mais de 200 programas desse tipo em todo o país.


Sabe-se que com o processo natural de envelhecimento, nosso desempenho cognitivo é afetado e apresenta um declínio que tende a se acentuar ao longo dos anos. Por isso, na velhice o investimento para o processo de aprendizagem precisa ser diário e intenso. Nessa idade, existe uma mudança cognitiva em relação ao processamento da informação. A pessoa precisa, de fato, ver e rever os conteúdos com bastante atenção. No começo pode parecer mais difícil, mas com empenho as pessoas pegam o ritmo.


Você 60+ não tenha medo, nem vergonha de realizar esse sonho.

Certamente será uma grande conquista!


Fonte:

https://oglobo.globo.com/brasil/educacao/numero-de-idosos-em-universidades-subiu-quase-50-entre-2015-2019-no-brasil-25234153#:~:text=Mesmo%20sem%20estat%C3%ADsticas%20atuais%2C%20a,dist%C3%A2ncia%2C%20tamb%C3%A9m%20houve%20um%20salto


APOIO

logo-abg-branco.png
logo-sbgg.png
logo-ashoka-branco.png
logo-acirmesp-branco.png