duv-idoso-faixa.jpg
duv-idoso-logo.png

PATROCÍNIO

nestle-health-science_footer.png

Você sabe a diferença entre a senescência e senilidade?



Apesar dos termos senilidade e senescência estarem relacionados ao envelhecimento, há diferenças entre seus significados. É importante saber que envelhecer é um processo natural que implica em mudanças graduais e inevitáveis relacionadas à idade.


O envelhecimento é algo que ocorre gradualmente. O indivíduo começa a envelhecer ao nascer, além disso, cada pessoa envelhece a seu modo, dependendo de variáveis como o sexo, origem, lugar em que vive, tamanho da família, aptidões para a vida, as experiências vivenciadas entre outros fatores biopsicossociais que contribuem para determinar a qualidade do envelhecimento.


A senescência representa uma série de mudanças fisiológicas naturais, que ocorrem com o processo natural de envelhecimento e que não configuram doenças, como o aparecimento de cabelos brancos, a perda de flexibilidade da pele e o aparecimento de rugas entre outras alterações.


A senilidade representa um conjunto de alterações decorrentes de doenças que apresentam maior probabilidade de acometer a população idosa, como osteoartrose, diabetes e algumas demências, por exemplo. Este quadro de doença ou o desenvolvimento de uma condição patológica no envelhecimento é chamado de senilidade.


Frequentemente o envelhecimento é associado a um processo negativo de adoecimento, mas nem sempre é uma verdade.


É necessário desmistificar o processo de envelhecimento, respeitar e valorizar o processo individual, procurar uma rotina ativa e entender que adaptação é muito importante para uma vida plena em cada etapa de nossas vidas.


Fonte: https://www.scielo.br/pdf/reeusp/v45nspe2/22.pdf



APOIO

logo-abg-branco.png
logo-sbgg.png
logo-ashoka-branco.png
logo-acirmesp-branco.png